Herbalismo: o que é e para que serve?

Herbalismo: o que é e para que serve?

Herbalismo é o estudo e utilização de plantas e ervas para fins medicinais ou como suplemento alimentar. Isso acontece porque muitas plantas sintetizam substâncias que são úteis para a manutenção da saúde em humanos e animais. Várias das ervas e especiarias utilizadas por humanos para temperar alimentos produzem compostos medicinais.⠀

Talvez pelo fato das ervas terem um papel historicamente importante e tradicional de cura, às vezes elas são tratadas como uma categoria especial de plantas, ou seja, são avaliadas particularmente pelas suas qualidades medicinais, de sabor e aromas.⠀

Plantas medicinais e ervas contêm substâncias conhecidas pelas civilizações modernas e antigas pelas suas propriedades curativas. Até o desenvolvimento da Química e, particularmente, da síntese de combinações orgânicas no Século XIV, elas eram a fonte exclusiva de princípios ativos capazes de curar as doenças do homem. ⠀

Atualmente, continuam sendo importantes para pessoas que não têm acesso a medicamentos modernos e, além disso, os remédios farmacêuticos modernos contém os mesmos princípios ativos muito mais concentrados, sejam eles naturais ou sintéticos.⠀

 

O que são e como utilizar as ervas

Do ponto de vista botânico, uma erva é uma planta que não produz um caule lenhoso como uma árvore, mas vai viver tempo suficiente para desenvolver flores e sementes.⠀

Existe uma grande variedade de ervas, em torno de 73 tipos diferentes. Algumas delas se enquadram em uma ou mais classificações de acordo com o uso - culinária, aromática, ornamental e medicinal.⠀

✔Culinárias:⠀

São as mais utilizadas na cozinha, com uma vasta gama de utilizações. Estas plantas, devido ao seu sabor forte, geralmente são usadas em pequenas quantidades para dar sabor. As ervas culinárias incluem salsinha, cebolinha, tomilho, manjerona, hortelã e manjericão.⠀

✔Aromáticas:⠀

A maioria tem cheiro agradável de flores e folhagem. Os óleos das plantas aromáticas podem ser usados para produzir perfumes diversos. Para uso doméstico, partes da planta são usadas inteiras, muitas vezes para perfumar as roupas de vestuário ou de cama. Quando seca, muitas ervas aromáticas conservam o aroma por um período considerável. Algumas das mais comuns são a hortelã, manjerona, alecrim e manjericão.⠀

✔Medicinais:⠀

As plantas medicinais têm sido utilizadas pelo seu potencial curativo, porém, devem ser usadas com cuidado. Algumas ervas são inofensivas, enquanto outras podem ser perigosas se ingeridas.⠀

✔Ornamentais:⠀

Plantas ornamentais têm flores e folhagens coloridas, muitas delas com flores brancas. A valeriana tem flores de carmesim, enquanto a borragem e chicória são azuis. Essas ervas, como tomilho, hortelã, lavanda e cebolinha, produzem folhagem variada.⠀

 

Curso de Naturopatia

O estudo das ervas medicinais é oferecido na Formação Livre em Naturopatia, onde temos um módulo específico de Herbalismo e outros que também tratam do poder terapêutico das plantas e de outros elementos da natureza. Clique aqui para saber mais sobre o curso!

ENTRE AGORA PARA

CLUBE DOS TERAPEUTAS NATURAIS

Nesse grupo traremos conteúdos exclusivos com dicas e informações sobre terapia ortomolecular, cromoterapia,
florais de Bach, terapia quântica e outras terapias naturais, além de falar sobre mercado de trabalho, carreira,
marketing e outros temas relacionados à vida profissional do terapeuta.
Também teremos enquetes, interações e muita troca para que todos se ajudem e possam crescer juntos.

Clique aqui

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.