O perigo do açúcar no organismo

O perigo do açúcar para o nosso organismo

O açúcar é um dos maiores vilões da nossa saúde. A versão refinada, branca, que é a mais comumente utilizada no Brasil, é a mais perigosa delas. Sabe por que?

Este açúcar, também conhecido como "de mesa", vem da cana de açúcar e passa por um processo químico e físico de refinamento para chegar à cor e textura que vemos. Esse processo industrial é justamente o que o torna tão nocivo, pois, quanto mais refinado, maior o índice glicêmico (IG) . Quanto maior o IG, mais rápido os níveis de glicose na corrente sanguínea sobem.

O consumo desse ingrediente aumenta bastante o risco de desenvolver problemas como diabetes, obesidade, colesterol alto, gastrite e prisão de ventre. Alimentos como bolos, refrigerantes, doces e produtos industrializados são ricos em açúcar e, quando consumidos em excesso, pioram a nossa saúde, prejudicando a memória e dificultando o aprendizado - o que atrapalha o rendimento nos estudos e no trabalho.⠀

O grande perigo do açúcar está, principalmente, em seu consumo excessivo. O brasileiro, por exemplo, ingere mais que o dobro - 22 colheres - da recomendação diária - de 10 colheres.⠀

O vício em açúcar

Não sei se você sabe, mas o açúcar tem uma propriedade "viciante". O produto age como um estimulante da produção do hormônio dopamina, responsável pela sensação de prazer. O organismo acaba viciando na alimentação rica em açúcar por conta desse estímulo.⠀

E como substituir o açúcar?

Adoçantes artificiais como aspartame, ciclamato de sódio, sacarina e sucralose são feitos a partir de substâncias químicas, e não são recomendados. Existem alternativas naturais, como stévia, xilitol, eritritol, maltitol e taumatina. Para iogurtes, utilizar mel ou frutas é uma boa alternativa.⠀
Variedades como os açúcares demerara, cristal e mascavo - que pode ser considerado um açúcar integral - passam por processos diferentes e possuem um índice glicêmico menor. Embora ainda sejam açúcares no fim do dia, são alternativas menos prejudiciais - que podem ser usadas em um período de transição até a eliminação total do ingrediente.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.